Apostila gratuita contendo conceitos básicos de Visual Basic 5. Ideal para quem deseja adquirir conhecimentos sólidos desde o início mesmo; porém, é preciso ter uma certa dose de disciplina para encarar o auto-didatismo requerido para absorver novos conceitos e conhecimentos nesta área de programação e cálculos complexos.

Veja abaixo um trecho do conteúdo da apostila:

Podemos entender por banco de dados qualquer sistema que reuna e mantenha organizada uma série de informações relacionadas a um determinado assunto em uma determinada ordem.

A lista telefônica é um exemplo, nela percebemos que todos os dados referentes a uma pessoa estão na mesma linha, a isso chamamos registros.

O tipo ou categoria da informação (nome, telefone, etc.) sobre uma pessoa está separada em colunas, as quais chamamos campos.

Um Sistema Gerenciador de banco de dados relacionais(SGBDR) é usado para armazenar as informações de uma forma que permita às pessoas examiná-las de diversas maneiras.

O Gerenciador relacional de bancos de dados do Visual Basic e do Access é o Microsoft Jet, ele pertence a uma categoria diferente dos Gerenciadores tradicionais, como o Dbase e o Paradox, pois possue características em comum com os banco de dados cliente-servidor. Tais características comuns são:

  • Todas as tabelas, índices, consultas, relatórios e código são armazenados num único arquivo .MDB
  • Os campos de data suportam informação de hora.
  • Admite o armazenamento permanente de comandos SQL
  • é possível forçar a integridade referencial entre as tabelas.
  • Os campos suportam valores nulos (Null)

No Dbase/Clipper banco de dados significa um arquivo que contém a estrutura de dados(campos) e os dados (Arquivo padrão DBF). Para o padrão MDB este conjunto de dados e sua estrutura denomina-se Tabela.

Portanto aquilo que o Dbase/Clipper considera um banco de dados o Access e o Visual Basic considera como uma Tabela.

Para o Access e o Visual Basic todos os componentes do sistema estão em um único arquivo com extensão MDB, a este "pacote" consideramos o banco de dados.

Logo quando abrimos um arquivo MDB temos acesso a todos os componentes do sistema : tabelas, consultas, macros, relatórios, etc. A esses componentes chamamos objetos do sistema e em resumo podemos descrevê-los a seguir:

Baixe agora mesmo esta apostila excelente clicando no botão abaixo. Se tiver qualquer dúvida, basta perguntar nos comentários.

Apostila Básica de Visual Basic 5

s2Member®
Pular para a barra de ferramentas